Meio&Mensagem

Siga-nos

Publicidade

Conectad@s: Tudo e tod@s

4YFN (four years from now) reúne centenas de startups e empresas que sabem que se conectar à inovação estrangeira é o segredo para o pensamento estratégico


26 de fevereiro de 2019 - 19h27

(Crédito: Rawpixel.com/Pexels)

Paralelo ao MWC acontece a feira 4YFN (four years from now), que reúne centenas de startups de todo mundo. Nos últimos três anos, o evento tem conquistado mais robustez e pluralidade.

Junto às novatas, é fácil notar grandes empresas como Visa, Mercedes, Mastercard, Airbus e Deloitte, entre tantas outras, que atentas, entendem que se conectar à inovação que vem de fora é a chave para o manter o pensamento estratégico renovado.

É notável também uma presença mais diversa de quem está expondo. Os anos anteriores já se caracterizaram por uma porção relevante de mulheres na liderança de empresas. Isso se acentua esse ano e também é possível perceber avanço na faixa etária, com empreededor@s mais madur@s.

Em comum a vontade de mudar o mundo (seja qual for este recorte de mundo), o que se percebe claramente é que muitas startups estão combinando, de maneira intensa, software e hardware, num desfile quase exótico de coisas conectadas.

Roupas inteligentes para monitorar saúde de cães, um exoesqueleto de preço mais acessível, um aparelho para aliviar os que sofrem de constipação ou uma espécie de Pogobol do século XXI.

Há muito de tudo, seja para resolver problemas reais e críticos, seja para puro entretenimento. Após um dia inteiro andando por centenas de estandes, uma certeza apitou na minha cabeça: numa nova década, é preciso uma nova perspectiva de produtos e serviços.

 

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio