Meio&Mensagem

Siga-nos

Publicidade

Quantidade de linhas móveis no Brasil sofre queda

Atualmente, há 236,2 milhões em operação no mercado brasileiro


1 de março de 2018 - 15h11

(Crédito: Reprodução)

Nesta quinta-feira, 1, a Anatel divulgou os dados de telefonia móvel do primeiro mês de 2018. Em comparação com dezembro de 2017, o número de linhas móveis em operação diminui 0,11%, atingindo 236,2 milhões. Em relação à janeiro de 2017, a queda foi de 2,95%. A demanda por linhas de pós-pagos aumentou e o pré-pago apresentou redução.

Os grupos de telefonia móvel que mais cresceram em número de linhas em relação ao mês anterior foram Porto Seguro (43,9 mil) e Datora (8,6 mil). Nextel, Vivo, Oi, TIM e Claro sofreram redução. As duas empresas também se destacaram no comparado com janeiro de 2017. Datora ganhou 107,3 mil linhas e Porto Seguro teve acréscimo de 152,5 mil. Durante esse período, Nextel e Vivo também cresceram respectivamente: 175,6 mil e 977,4 mil. Sofreram redução: TIM (4,4 milhões), Oi (3,0 milhões) e Claro (1,2 milhões).

No último mês, aumentaram também as linhas de 4G (3,3 mihlhões) e linhas para comunicação M2M (240,8 mil). Já no último mês, essas mesmas tecnologias tiveram aumento de 40,7 milhões e 2,6 milhões.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Anatel

  • CLaro

  • Datora

  • M2M

  • Oi

  • Porto Seguro

  • Telefonia móvel

  • TIM

  • Vivo

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio